Como fazer um currículo: saiba qual é o formato ideal e que informações utilizar

Como fazer um currículo

Quantas vezes você já enviou o currículo para uma vaga e não foi chamado para a entrevista? Provavelmente muitas, certo?

Agora, você sabia que um recrutador pode levar apenas 10 segundos para considerar o seu currículo em um processo seletivo? Isso mesmo: seu destino para o emprego dos sonhos algumas vezes pode ser decidido em menos de um minuto!

É realmente preciso fazer valer a pena cada segundo que um recrutador passa lendo sobre sua carreira.

Eu não sabia disso na minha época da faculdade, mas mesmo assim sempre procurava tutoriais sobre como fazer um currículo bom e que atendesse às expectativas dos recrutadores. E pode acreditar: isso aumenta bastante as chances de conseguir uma entrevista de emprego.

Mas, não foi fácil chegar ao modelo ideal para minha área. Assim como muita gente, eu sempre ficava em dúvida sobre quais informações eu deveria colocar, quais formatos utilizar e como colocar minhas experiências profissionais mais importantes de forma que chamasse a atenção do recrutador.

Foram muitos modelos utilizados e cheguei até a olhar como outras pessoas faziam e divulgavam os seus currículos.

E agora, com o desemprego em alta, eu recomendo mais do que nunca pensar em como fazer um currículo que chame a atenção do recrutador e mostre, da melhor forma, os seus principais talentos e experiências para uma determinada vaga ou área.

Afinal, a concorrência está grande e você não pode deixar faltar um único detalhe para não ser deixado na pilha de currículos esquecidos pelos recrutadores, não é mesmo?

Por isso, dá uma olhada no resto deste artigo para saber como fazer um currículo perfeito sem deixar nenhuma informação de lado. Nos tópicos a seguir você fica sabendo:

Como fazer um currículo: o que você deve colocar

A falta de informações sobre o candidato é um dos maiores motivos para um currículo ser descartado por um recrutador. Mas, não se engane enchendo o documento com informações irrelevantes para a vaga: menos também é mais.

A única ferramenta que você precisa para criar e exportar seu currículo é um editor de textos, como o Word da Microsoft, ou o da LibreOffice, que é gratuito.

Veja a seguir o que você deve colocar nesse documento.

Cabeçalho: nome e informações para contato

A primeira coisa que um recrutador precisa ver ao pegar o seu currículo é, obviamente, seu nome, por isso este item deve estar em uma fonte maior e logo no início da folha, assim como quando você coloca um título para algum trabalho.

Abaixo, informe a sua idade, cidade e país onde vive. Para os contatos, bastam o número de celular, e-mail e endereço do LinkedIn. Então, o cabeçalho do arquivo deve ficar mais ou menos assim:

Objetivo profissional ou resumo

Abaixo do cabeçalho do seu currículo você precisa incluir o objetivo profissional, que é a área onde deseja trabalhar, ou um resumo de suas experiências profissionais.

Esses dois itens podem mudar dependendo da empresa/ vaga na qual você está se candidatando.

Por exemplo: se você é formado em publicidade e deseja disputar uma oportunidade em mídias sociais, especifique isso no seu objetivo/ área de interesse, ao invés de colocar apenas “Publicidade/ Marketing”.

Geralmente, quando eu não tenho intenção de enviar meu currículo para uma companhia/ vaga específica, eu prefiro deixar um resumo das minhas experiências profissionais. Exemplo: Engenheiro com XX anos de experiência em xxx.

Nesse trecho você também pode colocar alguma experiência muito relevante, como um projeto concluído que causou grande impacto.

Formação profissional

Esta parte do seu currículo deve trazer as informações sobre sua educação. Liste as formações das mais atuais até as mais antigas.

Lembrando que não é preciso colocar absolutamente tudo o que você estudou: adapte essas informações para sua área de interesse. Se já tiver feito uma graduação e pós-graduação, não é necessário colocar o seu ensino médio, por exemplo.

Experiência profissional

Este item é um dos mais importantes para um recrutador analisar sua trajetória na carreira.

Inclua o nome da empresa, o cargo que você ocupou, o período em que você trabalhou ali e as suas principais atividades e projetos desenvolvidos. Se houver números e resultados legais para compartilhar, este é o lugar certo!

Atividades ou reconhecimentos importantes

É nessa parte que você pode colocar alguns cursos livres que tenha feito para aprimorar seu currículo, ou então os workshops e congressos importantes ou até mesmo algum prêmio/ reconhecimento legal que tenha recebido por seu trabalho.

Habilidades

Muitos modelos de currículo listam, ao final do documento, as principais habilidades com programas/ sistemas operacionais. Isso ajuda a empresa a saber se você realmente se encaixa no perfil da vaga e se terá capacidade para exercer as atividades do cargo em questão.

Então, use essa lista para colocar suas competências em sistemas importantes para sua profissão, como um pacote Office, pacote Adobe, uma linguagem de programação, ferramenta de design ou qualquer outra habilidade específica de sua área.

O que NÃO colocar em seu currículo

Lembra quando eu disse que menos é mais? Pois então, existem certas coisas que você simplesmente não precisa e nem deve colocar em seu currículo por questões de segurança e bom senso, como:

  • RG, CPF, CNH e título de eleitor
  • Data de nascimento
  • Nome dos pais
  • Dados bancários
  • Endereço de residência (apenas a cidade é o suficiente)

Também evite termos genéricos e clichês como “profissional com muita garra”, “dinâmico”, “pró-ativo”, “dedicado”, “perfeccionista”, etc. E a não ser que a empresa lhe peça, não inclua último salário e nem pretensão salarial.

O formato ideal para currículo online ou impresso

O currículo ideal para um profissional de nível júnior a pleno deve ter, no máximo, duas páginas. Apenas isso! Nada de encher linguiça achando que o recrutador pode ficar impressionado com um documento de 10 páginas.

Lembre-se que você tem apenas 10 segundos para conquistar esse recrutador!

Quanto mais curto e objetivo seu currículo, mais chances de você ser considerado para a entrevista.

E, além do tamanho, atente-se às seguintes características para um formato de currículo bem fácil e prazeroso para visualizar:

Modelo de página: A4/ Carta

Formato do arquivo: PDF (recomendado) ou DOC/ DOCX

Fontes recomendadas: fontes sem serifa e que apresentem maior compatibilidade com todos os sistemas e programas possíveis, como Arial, Calibri, Open Sans, Source Sans Pro, Tahoma e Verdana

Tamanho da fonte: entre 10 a 12 para textos e entre 14 a 18 para títulos e subtítulos

Dicas extras

Tenha um endereço de e-mail para assuntos profissionais

Cuidado com endereços de e-mail muito pessoais e informais – como aqueles que você criou quando era adolescente (relaxa, todo mundo já teve!).

Se for o caso, crie um e-mail só para colocar em seu currículo que seja fácil de identificar e de escrever, de preferência no formato: nome-sobrenome@email.com ou nome-profissao@email.com.

Traduza seu currículo

Se você está buscando uma carreira internacional ou vai enviar seu currículo para uma multinacional, vale a pena ter uma versão traduzida de seu currículo. Só não vale colocar tudo no Google Translate e copiar. Veja neste link algumas dicas interessantes para você fazer seu currículo em inglês.

Foto no currículo

A foto é um recurso opcional nos currículos e pode ser colocada logo no cabeçalho do documento – de preferência, alinhada do lado esquerdo ou direito. Geralmente, ela conta mais para vagas na área criativa, fashion ou para quem trabalha com TV.

Se você for colocar uma foto sua no currículo, certifique-se de que ela está na mesma proporção e padrão de uma foto 3×4, com fundo neutro e com seu rosto de frente.

Ainda está em dúvidas sobre como fazer um currículo? Então baixa esse modelo de currículo gratuito agora!

Currículo profissional é uma coisa que deve ser atualizada ano a ano ou conforme você adquire novas experiências importantes ao longo dos meses. Por isso, basta ter um bom modelo e ir atualizando ele conforme suas preferências.

Como eu disse, eu pesquisei e baixei diversos modelos antes de chegar a um template que eu queria. Cheguei então a este modelo que gostei muito:

Quer fazer um currículo assim também? Basta clicar no botão abaixo para fazer o download gratuito desse modelo para preencher!

Opt In Image
Baixe o Modelo de Currículo Gratuito

Insira seu nome e e-mail abaixo para receber o modelo de currículo.

Baixe o modelo de currículo e adapte do seu jeito. Depois comenta aí embaixo falando quais são suas maiores dificuldades sobre como fazer um currículo, ok?

Até o próximo artigo!